top of page
  • queenhousemalveira

VAMOS COMEÇAR PELO SEGUNDO PASSO!

Quando o pedido de casamento se torna realidade, o primeiro passo já foi dado. Qual o segundo? Escolher a data da celebração, claro! Seguem 4 dicas para escolherem uma data que faça saltar o vosso coração.



Existe uma lista infinita de coisas a tratar para que o Grande Dia se concretize e, acima de tudo, se torne inesquecível. Entre os sorrisos e as lágrimas do “pedido”, a ansiedade do próximo passo e o nervosismo de planear tudo, é preciso seguir uma estratégia: dar um passo de cada vez.

O primeiro já foi dado. E foi preciso coragem!

Vamos então falar do segundo passo.


QUE DATA ESCOLHER?

Bom, pode ser a primeira que vos vier à cabeça ou que estiver disponível. É sempre uma opção. Mas calma… há todo o tempo do mundo para viver em amor eterno. Por isso, vamos dar um significado especial a esse compromisso.

Deixamos aqui algumas dicas. O truque é cruzar o “coração” com o lado prático da vida.


Dicas do coração:

  1. Escolher a data do primeiro beijo O primeiro beijo é a comemoração a dois de uma emoção que se concretiza. É um “sim” que não é falado. É um “quero” que se manifesta no silêncio.

  2. Escolher a data do primeiro dia de namoro O dia de namoro revela um compromisso entre a vontade e a descoberta. O desbravar de um caminho a dois. Porque tudo tem um começo…

  3. Escolher a data de um evento que vos seja especial Aquela ida à praia ficou na memória? O concerto da vossa banda preferida foi inesquecível? O por do sol acompanhado de um gelado partilhado a dois teve outro sabor? Escolher essa data pode ser uma forma de honrar esse momento tão especial.

  4. Escolher a data de aniversário de um dos noivos O dia de nascimento merece ser comemorado todos os anos com alegria e vontade renovada para viver mais dias maravilhosos. Juntar a comemoração de ambos os acontecimentos é sem dúvida um boost de felicidade. 



Dicas práticas:

  1. Escolher um dia de fim de semana ou feriado para a realização da cerimónia. Assim garantem que a maior parte dos convidados consegue estar presente.

  2. Se pretenderem convidar pessoas que estão fora do país, levar essa disponibilidade também em consideração. É preciso perceber se têm férias ou não nesse período ou se conseguem viajar facilmente durante um fim de semana.

  3. Garantir que nessa data não há nenhum evento nacional que possa causar transtorno a nível das deslocações. Atrasos só são permitidos à noiva!

  4. Marcar a data de preferência numa altura em que ambos possam tirar férias para que o regresso da “Lua de Mel” seja tranquilo e a adaptação à nova fase da vida ocorra sem stress…



Restam ainda 2 conselhos importantes:

  1. A data deve ser escolhida com cerca de 1 ano de antecedência, para que todos os passos seguintes sejam realizados tranquilamente e toda a preparação da cerimónia seja um prazer que flui diariamente.

  2. Conversem os dois! São os noivos que devem escolher a data que vos fará ainda mais felizes!

E agora, vamos “levantar a ponta do véu” para o passo seguinte…


Já escolheste o teu vestido de noiva?



Commentaires


bottom of page